Wednesday, 24 February 2021

Banda Do Casaco ‎– INTEGRAL VOL. 1 (2013)

Style: Folk, Psychedelic Rock, Prog Rock, Jazz-Rock
Label: Companhia Nacional De Música

CD1 - Origens (2013)

1-01.   Música Novarum - Lenda Dos Namorados
1-02.   Música Novarum - Males De Amor
1-03.   Música Novarum - Barca De Flores
1-04.   Música Novarum - Templo
1-05.   Música Novarum - Temporal No Monte
1-06.   Daphne - Redondilhas De Jano E Franco
1-07.   Daphne - Barzabu
1-08.   Daphne - Pastora
1-09.   Family Fair - Soldier
1-10.   Family Fair - Mrs Colbeck
1-11.   Música Novarum - Le Portugal Aux XXème Siècle Par Serge Farkas - Introdução
1-12.   Música Novarum - Le Portugal Aux XXème Siècle Par Serge Farkas - Parte I
1-13.   Música Novarum - Lenda Dos Namorados
1-14.   Música Novarum - Le Portugal Aux XXème Siècle Par Serge Farkas - Parte II
1-15.   Música Novarum - Males De Amor
1-16.   Música Novarum - Le Portugal Aux XXème Siècle Par Serge Farkas - Parte III
1-17.   Música Novarum - Barca De Flores
1-18.   Música Novarum - Le Portugal Aux XXème Siècle Par Serge Farkas - Parte IV
1-19.   Música Novarum - Templo
1-20.   Música Novarum - Le Portugal Aux XXème Siècle Par Serge Farkas - Parte V
1-21.   Música Novarum - Lenda Dos Namorados

CD2 - Dos Benefícios Dum Vendido No Reino Dos Bonifácios (1974)

2-01.   Banda Do Casaco - Aliciação
2-02.   Banda Do Casaco - Espírito Imundo
2-03.   Banda Do Casaco - D'Alma Aviada
2-04.   Banda Do Casaco - A Ladainha Das Comadres
2-05.   Banda Do Casaco - A Cavalo Dado
2-06.   Banda Do Casaco - Henrique Ser Ou Não Enriquecer
2-07.   Banda Do Casaco - Bonifácios
2-08.   Banda Do Casaco - Lavados, Lavados Sim
2-09.   Banda Do Casaco - Cocktail Do Braço De Prata
2-10.   Banda Do Casaco - Na Boca Do Inferno
2-11.   Banda Do Casaco - Horas De Ponta E Mola
2-12.   Banda Do Casaco - Memorandum / Sábado Sauna - Sábado Santo
2-13.   Banda Do Casaco - Opúsculo

CD3 - Coisas Do Arco Da Velha (1976)

3-01.   Banda Do Casaco - Morgadinha Dos Canibais
3-02.   Banda Do Casaco - Ai Mê André
3-03.   Banda Do Casaco - Romance De Branca-Flor
3-04.   Banda Do Casaco - Rigolindo
3-05.   Banda Do Casaco - Olá Margarida
3-06.   Banda Do Casaco - Canto De Amor E Trabalho
3-07.   Banda Do Casaco - É Triste Não Saber Ler
3-08.   Banda Do Casaco - Virgolino Faz O Pino
3-09.   Banda Do Casaco - A Mulher Do Regedor
3-10.   Banda Do Casaco - Era Uma Vez Uma Velha
3-11.   Banda Do Casaco - Cantiga D'Embalar Avozinhas
3-12.   Banda Do Casaco - Ao Cabo D'Um Ano
3-13.   Banda Do Casaco - Ai Mê André

CD4 - Hoje Há Conquilhas Amanhã Não Sabemos (1977)

4-01.   Banda Do Casaco - Acalanto
4-02.   Banda Do Casaco - Despique
4-03.   Banda Do Casaco - País: Portugal
4-04.   Banda Do Casaco - Alvorada, Tio Lérias
4-05.   Banda Do Casaco - Geringonça
4-06.   Banda Do Casaco - Dez-Onze-Doze
4-07.   Banda Do Casaco - Ont'À Noite
4-08.   Banda Do Casaco - Água De Rosas
4-09.   Banda Do Casaco - Marcha
4-10.   Banda Do Casaco - Dom Rodrigo
4-11.   Banda Do Casaco - Castanholas
4-12.   Banda Do Casaco - 1297
4-13.   Banda Do Casaco - Lenda Dos Pauliteiros
4-14.   Banda Do Casaco - Explicação Da Alvorada
4-15.   Banda Do Casaco - Alvorada

CD5 - Contos Da Barbearia (1978)

5-01.   Banda Do Casaco - Na Cadeira Do Barbeiro
5-02.   Banda Do Casaco - O Diabo Da Velha
5-03.   Banda Do Casaco - A Noite Passada Em Caminha
5-04.   Banda Do Casaco - O Enterro Do Tostão
5-05.   Banda Do Casaco - La Pastorica
5-06.   Banda Do Casaco - Malfamagrifada
5-07.   Banda Do Casaco - Zás! Pás! (O Casório Do Trolha)
5-08.   Banda Do Casaco - Retrato D'Homenzinho Pequenino Com Frasco
5-09.   Banda Do Casaco - Amo Tracinho Te
5-10.   Banda Do Casaco - Godofredo Cheio De Medo
5-11.   Banda Do Casaco - La Pastorica - Lenda Cantada


Credits
Reissue Producer – Nuno Rodrigues
Remastered By – José Fortes

Integral Vol. 1 & Integral Vol. 2 Banda do Casaco CNM Pode pensar-se na Banda do Casaco como um ponto de encontro: António Pinho, com a Filarmónica Fraude, tinha ensaiado uma aproximação à música tradicional portuguesa vindo de um contexto pop; por outro lado, Nuno Rodrigues, partindo dos medievalismos de recorte erudito dos seus Música Novarum procurava chegar ao mesmo destino. O encontro dos dois na Banda do Casaco, nas vésperas da revolução de 1974, cumpridas que estavam as suas obrigações militares, representou o culminar dessa mútua aproximação a um terreno comum que os inspirava a re-imaginar a nossa condição e identidade.

A Banda do Casaco, através da chancela da Companhia Nacional de Música de Nuno Rodrigues, vê agora recolocada no momento presente a sua obra integral em duas cuidadas caixas - uma negra e outra vermelha - onde aos sete álbuns que editaram se adiciona um oitavo de título Origens... que reúne parte da pré-história deste projeto, compilando material dos Música Novarum, de Daphne e dos Family Fair, um DVD com material de arquivo diverso e livros com textos contextualizantes assinados por Nuno Galopim e pelo próprio Nuno Rodrigues e ainda mais dois tomos onde se reúnem as letras de todos os álbuns e respetivas fichas técnicas. José Fortes, técnico em boa parte das gravações originais da Banda do Casaco, assegura um rigoroso restauro áudio dos masters originais (exceção feita a Hoje Há Conquilhas, Amanhã Não Sabemos cujos masters se encontram até hoje perdidos e que por isso mesmo foi transcrito de cópias de vinil), funcionando assim como a proverbial cereja em cima do metafórico bolo que estas reedições representam.

A Banda do Casaco é um daqueles casos que beneficia claramente da imersão no estado que Simon Reynolds descreveu como "retromania": surgidos num tempo de estandartes, estes discos, que se editaram entre 1975 e 1984, nunca alcançaram o sucesso que mereciam, sendo ultrapassados em termos de impacto pelas mais engajadas vozes do canto livre, num primeiro momento, e, logo depois, pela explosão rock que assolou o país após 1980. Os anos que se foram acumulando em cima do derradeiro registo da Banda do Casaco, Com Ti Chitas, lançado em 1984, permitiram um lento mas inevitável reencontro com esta música que foi merecendo referências crescentemente elogiosas por parte de quem, na blogosfera, se foi dedicando a documentar o lado mais secreto do passado. Como acontece com alguns vinhos, também a música da Banda do Casaco beneficiou desse tranquilo passar do tempo nas caves da memória, emergindo agora como uma obra plenamente realizada, onde os textos, a música e os arranjos serviam ideias arrojadas, desalinhadas, como cuidam de referir hoje os seus responsáveis originais (ver página 68). O surrealismo das letras, por um lado (com imperatrizes que por um triz não são meretrizes), e o arrojo musical, por outro, também elevam a obra da Banda do Casaco a um patamar singular na história da música portuguesa. De facto, faz algum sentido que esta música tenha falhado o alvo de um grande público, pois não pretendia impor nenhuma cartilha ideológica nem forçar uma rutura geracional. Ouça-se "País: Portugal", retrato agudo de um "país fardado à força", ou "Salvé Maravilha", sopa no mel de uma discografia praticamente imaculada, para se perceber que esta música só se servia a si mesma, sem reconhecer sincronismos com nenhum dos seus contemporâneos. Banda do Casaco: orgulhosamente só. E basta.
Rui Miguel Abreu / Blitz